Américo Neves Art Design Interiores

Loading...

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Moveis Italianos

c. 1750-1770 – PERÍODO DE TRANSIÇÃO (FRANÇA)
Reinado de Luís XV

Influência:
“Rocaille”.

Características do Interior:
• Mantém as características do período anterior.
• Aparecimento da sala de jantar.

Características do Mobiliário:

• As proporções do móvel mantêm-se.
• Torna-se mais rectilíneo.
• Surge um móvel específico para cada finalidade.
• Utilização de uma grade metálica em algumas secretárias e mesas.
• Utilização de porcelanas nos móveis.
• Utilização da madeira de mogno pela 1ª vez, especialmente em móveis ligados à sala de jantar.
• Cadeira com espaldar à Inglesa com estofo ou com palhinha.

Ornatos:
• Rochedos, cristas de ondas, espuma, conchas (obliquas, irregulares, dentadas, perfuradas, rugosas), cartelas deformadas, folhas sinuosas, palmas…
• Flores, com ou sem caule e algumas folhas, naturais ou estilizadas, isoladas em raminhos, e grinaldas.
• Troféus e figuras geométricas.
• Misturam-se os ornatos neoclássicos.

Materiais:
• Laca oriental ou a imitação francesa “Verniz Martin”;
• Folheados: Madeiras exóticas como pau-rosa, pau-roxo, pau-santo, pau-cetim, amaranto, etc.
• Madeiras maciças: nogueira, faia e carvalho.

Cores:
• Cores claras.

Comóda Luis XV








1770-90 – ESTILO LUIS XVI (FRANÇA)

Influência:
• Greco-romana
Ornatos: Rosetas, folhas de acanto, temas mitológicos e ornatos neoclássicos.
• Rosseau - vida simples do campo
Ornatos: as folhas do campo, cestos com flores e laços.
Utilização da simetria, riscas com ou sem flores ou ainda, tecido liso com medalha.
Cores: Cinzento, branco e verde-água.
• Arquitectura neoclássica:
Ornatos: Linha recta, circular ou oval.
Cores: pastel.

Características do interior:
• Janelas com as dimensões actuais.
• Pintura Grisai

Características do mobiliário:

• O móvel tem estruturas em perfeita esquadria: linhas rectas, superfícies planas e ângulos direitos.
• Várias formas de espaldar: rectangular, em medalhão, vazado, etc.
• Pernas direitas com caneluras direitas ou em espiral.

Materiais:
• As mesmas madeiras do período anterior.
• Laca chinesa ou do Japão;
• Bronzes;

Secretária Luis XVI







c. 1795-1804 – PERÍODO DIRECTÓRIO

Influência:
• Clássica (especialmente de Pompeia).

Interiores:
• Dá-se uma maior importância à decoração de interiores.
• Paredes interiores com frisos clássicos.
• Aspecto feminino.

Características do mobiliário:

• O mobiliário é empobrecido, torna-se mais simples;
• Estão na moda os grandes salões;
• Nos quartos das senhoras aparecem as musselinas;
• Nos quartos dos homens, a decoração “militar”, camas de campanha, tambores servindo de mesas e cadeiras, troféus militares;
• Os móveis mantêm as proporções;
• Espaldar vazado;
• As pernas das cadeiras tem secção quadrada ou circular sem caneluras;
• Pernas traseiras em forma de sabre.

Materiais:
• Mogno folheado e polido;
• Redução da utilização do bronze;
• Faia branca para os móveis de assento;
• Móveis em metal.

Cores:
• Negro antracite;
• Ocre;
• Azul acinzentado;
• Prateado;
• Rosa pompeiano.

Ornatos:
• Símbolos revolucionários: barretes frigios, lanças, setas, sabres e estandartes.
• Figuras geométricas: losangos.
• Gregas: palmetas, frontões, pilastras e cariátides.


Cama Estilo Directório



c. 1804-1815 – ESTILO IMPÉRIO

Influência:
• Romana e Egípcia.

Características dos interiores:
• Escala monumental;
• Importância do Loureiro;
• Paredes ritmadas por pilastras ou colunas;
• Espelhos enormes;
• Estuques.

Características do mobiliário.
• Móveis de escala monumental;
• Formas rígidas;
• Arestas vivas.

Ornatos:
• Aos elementos clássicos adicionam-se os egípcios (Esfinges, figuras de núbios, cariátides com cabeça toucada e pés nus, capiteis lotiformes, crocodilos, cabeças e pés de leões e leopardos).
• Vitórias aladas, troféus de guerra (sabres, armaduras e escudos).
• Josefina (rosas e cisnes);
• Napoleão (Águias, abelhas e a letra N).

Materiais:
• Mogno folheado ou maciço.
• Posteriormente. Nogueira, cedro e faia.
• Madeira pintada e dourada.
• Bronzes.

Cores:
• Escuras


ESTILO ADAM (irmãos John, William e James)
1760-1790

Robert Adam foi o mais ilustre representante deste estilo típico neoclássico.

Influência:
Arte greco-romana (escavações de Herculano e Pompeia)

Características dos interiores:
• As colunas, os frontões, os nichos, escadarias e pérgulas;
• Pavimentos em "parquet" ou mármore;
• Pavimentos e tectos adoptaram formas circulares, ovóides e elípticas.

Características do móvel:

• Linhas de móveis com formas circulares, ovóides e elípticas;
• Espaldares das cadeiras tomando a forma de escudo ou lira;


Madeiras:
• Claras como por exemplo pau-cetim, roseira, macieira e mogno;
• Tratadas com pintura, incrustação ou douramento.


Móveis:
• Principal móvel foi o aparador, com tampo de mármore, em formato rectangular ou quase oval;
• Uso dos espelhos ovalados;

Ornatos:
• Vasos, cabeças de leões, grinaldas floridas, liras, medalhões e cabeças de carneiro.


ESTILO HEPPLEWHITE (até 1786):

Influência:
Estilo Luís XVI e sofreu influências do Neoclassicismo de Adam;

Características do mobiliário:
• Preocupação com a proporção delicada dos móveis;
• As cadeiras tinham no espaldar a sua principal preocupação, sendo variados os seus formatos: ovalados decorados com três plumas de avestruz (emblema do Príncipe de Gales, seu protector), outros em formato de escudos, corações, rodas, etc;
• Pernas dianteiras rectas, pernas traseiras ligeiramente curvas;
• Os sofás e poltronas representam as mesmas linhas das cadeiras.


ESTILO SHERATON (1750 a 1806):

Criado por Thomas Sheraton, considerado um dos maiores ebanistas ingleses do século XVIII e um inovador em vários tipos de móveis;

Influência: estilo Luís XVI

Características dos móveis:
• Móveis de sua autoria: "twin beds", as camas geminadas, as escrivaninhas com tampo de correr enroláveis;
• Algumas de suas cadeiras eram pintadas em tom verde delicado;
• Móveis muito torneados e pouco entalhados, eram canelados, pintados, incrustados;
• Sofás largos, com espaldares sólidos e braços estofados e recurvados;
• Espelhos com linhas rectas, molduras douradas sendo arrematadas no cimo por um enfeite em forma de jarrão clássico;
• Estofos em sedas lisas ou listradas e brocados em ouro e prata.

Madeiras:
• Nogueira, pau-cetim laminado;

Cores:
• azul frio, amarelo, branco e negro;

Ornatos:
• folhas de acanto, urnas, liras, estrelas, cordas e caracóis.


Mobiliário Neoclássico em Portugal

ESTILO D. MARIA I;

Características do mobiliário:
• Delicados trabalhos de marchetaria em marfim ou filetes de madeira mais clara;
• Os móveis tornaram-se mais femininos e menos pesados, sofrendo principalmente a influência dos ingleses Hepplewhite, Adam e Sheraton;
• As linhas rectilíneas voltam a impor-se;
• Diminuição das obras de entalhe;















• Incrustações de madeiras em cores diferentes passaram a caracterizar o estilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário